SES e STAS lançam segunda Nota de Orientação para equipes do PIM/PCF em tempos de novo coronavírus

A Secretaria Estadual da Saúde (SES), por meio do Departamento de Ações em Saúde através do Primeira Infância Melhor (PIM), e a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (STAS), por meio do Departamento de Assistência Social através da Proteção Social Básica, lançaram hoje (10) a segunda edição da Nota de orientação para o trabalho dos programas Primeira Infância Melhor e Criança Feliz (PIM/PCF) em tempos de novo coronavírus (COVID-19).

O Primeira Infância Melhor (PIM) e o Programa Criança Feliz (PCF), considerados como programas essenciais vinculados à Atenção Primária à Saúde e a Proteção Social Básica, respectivamente, buscam alternativas para manter suas ações nos territórios, em articulação com os demais serviços da rede, contribuindo para que famílias e comunidades superem as adversidades decorrentes do período.

O documento lançado hoje tem o objetivo de fortalecer as orientações anteriores sem, no entanto, substituí-las, e de apoiar as equipes municipais dos programas na organização de seus processos de trabalho durante a pandemia do coronavírus. Destaca-se, que sua leitura não substitui a atenção às demais orientações e regulamentações das autoridades sanitárias, em especial, às normativas municipais.

Pensando na necessária adaptação dos processos de trabalho, o Grupo Técnico Estadual (GTE) do Primeira Infância Melhor (PIM) reuniu ações possíveis de ser implementadas pelas equipes municipais do PIM/PCF em tempos de coronavírus levando-se em conta a necessidade de isolamento social e mantendo-as ativas na missão de cuidar da primeira infância.

Confira a seguir as novas orientações para o trabalho do PIM/PCF em tempos de novo coronavírus (COVID-19).

Download