Aberto novo prazo para municípios aderirem ao Criança Feliz

crianca-feliz-mds

Está aberto o novo processo de adesão ao Programa Criança Feliz (PCF), iniciativa do governo federal que tem o Primeira Infância Melhor (PIM) como executor metodológico no Rio Grande do Sul. Até o dia 18 de agosto, os 39 municípios gaúchos que eram elegíveis e ainda não assinaram o termo de aceite na primeira fase, assim como três novos municípios, tem outra oportunidade.

O Rio Grande do Sul foi o primeiro Estado a aderir ao Criança Feliz, lançado em outubro de 2016. Nesta nova fase, os municípios de Novo Hamburgo, Pelotas e Santa Maria passaram a preencher os requisitos para adesão ao PCF e foram incluídos na lista, que já contava com 111 municípios e agora totaliza 114 municípios gaúchos com possibilidade de adesão ao programa do governo federal.

Em todo o país, 2.547 municípios já participam do Criança Feliz. Para ser elegível, o município deve ter ao menos um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) com registro no Cadastro Nacional do Sistema Único de Assistência Social (CadSuas) e, no mínimo, 140 pessoas atendidas na unidade.

Os gestores municipais interessados poderão preencher o termo de aceite por meio do site do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Criança Feliz

Coordenado pelo MDS, o Criança Feliz vai promover o desenvolvimento integral infantil. A iniciativa priorizará as crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Com ações nas áreas de saúde, assistência social, educação, justiça e cultura, o programa orientará as famílias sobre a melhor maneira de estimular os filhos. A expectativa do governo federal é de atender quatro milhões de crianças até 2018.

Municípios elegíveis no RS

Atendimento do Programa Criança Feliz:

De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Telefone: 0800 707 2003
E-mail: 

Foto: Rafael Zart/MDS
Fonte: MDS


 

Comente