Cavalete de mesa

Materiais:  Caixa de papelão duro, faca de serra para cortar a caixa (a ser usado somente por adultos), fita adesiva, barbante, giz de cera, canetas hidrocores, grampos, tais como clipes de papel grandes ou prendedores de metal, papel.

Preparação (adulto): Cavalete de papelão – com uma faca de serra, corte as partes de cima e de baixo de uma caixa de papelão duro (somente adultos devem fazer isso). Corte fora um ou mais lados, para que o pedaço restante possa ser dobrado em um triângulo tridimensional e possa ser fechado com fita. O cavalete será mais forte se o tubo for formado por um pedaço único de papelão, com todos os lados do mesmo tamanho. Tente cortá-lo aproveitando marcas já existentes no papelão, o que irá torná-lo mais forte.

Instalação fácil – coloque um dos lados do cavalete sobre uma mesa baixa, com o lado da fita para cima, para que o barbante ou o papel possa ser facilmente preso em cada lado. Fixe a parte de baixo à mesa, com fita, para que não escorregue.

Instalação dos instrumentos para desenho – fixe o material de desenho, como canetas hidrocores,ao cavalete, com pedaços longos de barbante.  Enrole fita adesiva com firmeza em torno de uma caneta hidrocor ou de um giz de cera, prendendo a ponta do barbante. Fixe a outra ponta na parte de cima do cavalete, certificando-se de que o barbante seja longo o suficiente para que se possa desenhar com facilidade na parte da frente do cavalete. Pode-se furar o giz de cera em uma das pontas para que o barbante possa ser amarrado firmemente em torno do furo (é melhor fixar os materiais de desenho a cavalete para que a criança não saia por aí com eles, desenhando na parede).

Instalação do papel no cavalete – se você estiver utilizando um pedaço de papel de cada vez, coloque-o, com fita isolante, na frente do cavalete. Para colocar várias folhas ao mesmo tempo, utilize clipes fortes e prendedores de roupa com mola na parte de cima ou nos lados. Pode-se colocar papel extra no interior do cavalete para facilitar o acesso.

Processo (criança): Segure o giz de cera ou a caneta hidrocor em uma das pontas do barbante e rabisque e desenhe sobre o papel. Quando tiver terminado, retire o papel e coloque uma folha nova (é necessário a ajuda de adultos). Faça isso quantas vezes quiser. Para economizar papel, desenhe em ambos os lados da folha.

Dicas: As crianças desenham com entusiasmo em superfícies verticais, razão pela qual elas rabiscam em paredes em uma determinada época de sua infância. Desenhar em posição vertical neste cavalete é natural para crianças pequenas, e facilita que elas vejam seus rabiscos. Fixar o cavalete à mesa e usar pedaços curtos de barbante para prender giz de cera diminui as possibilidades de que os materiais de desenho “se percam” por meio de suas mãozinhas. O barbante deve ser do comprimento certo para alcançar todas as áreas do papel sobre o cavalete.

Variações: Cavalete de parede: com fita isolante, fixe um pedaço grande de papel de embrulho na parede. Prenda canetas hidrocores ou giz de cera a uma das pontas de um pedaço de barbante, e a outra no meio do papel. Certifique-se de que o barbante não alcance nenhuma área exposta de paredes, em que não se deva rabiscar. Mude o lugar do cavalete para que as crianças possam experimentar trabalhar nele sentadas ou em pé. Corte as partes de cima, de baixo e um dos lados estreitos de uma caixa de flocos de cereais. As crianças desenham ou fazem gravuras na área “parda” interna da caixa, que ficará de pé para expor a arte.

Captura de Tela 2014-12-14 às 22.22.36

 


 

Comente