Consultoras do MDS avaliam implantação do Criança Feliz no RS

visita-mds (5)

As consultoras do Ministério do Desenvolvimento Social (Unesco/MDS), Kelly Cristina Alves e Vaena Martins, estiveram no RS para supervisionar a implantação do programa Criança Feliz. Do dia 09 ao dia 14, elas participaram de seminário de capacitação de agentes públicos responsáveis pelo programa e visitaram os municípios de Viamão, Caxias do Sul e Encruzilhada do Sul, que já implementaram o Criança Feliz.

As consultoras também fizeram um balanço da supervisão em reunião, que contou com a participação da secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH), Maria Helena Sartori, das diretoras Maria da Graça Paiva (DDHC/SDSTJDH) e Rosa de Oliveira (DAS), da coordenadora adjunta do PIM, Gisele Mariuse da Silva, assistentes sociais, coordenadores e integrantes do Comitê Gestor do programa Criança Feliz e do Programa Primeira Infância Melhor (PIM). A secretária Maria Helena Sartori disse que os gestores trabalham para vencer algumas questões burocráticas, “mas estamos no caminho certo”.

Para a coordenadora da política estadual, a integração PIM/PCF demonstra o investimento dado pelo governo estadual à primeira infância e ao desenvolvimento social da população do Rio Grande Sul. Mariuse entende que “o acompanhamento do MDS através das consultoras auxilia no processo de implantação e implementação do Programa Criança Feliz a partir da integração com o PIM no estado”.

As consultoras da Unesco/MDS, manifestaram satisfação com os resultados obtidos no RS e seguirão acompanhando as capacitações de agentes públicos que ocorrem a partir do dia 23. Kelly Alves ressaltou a importância de incluir no processo de implementação do programa a área da cultura, considerada fundamental para que o PCF atinja seus objetivos.

Segundo Martins, a integração entre os programas em tão pouco tempo já tem resposta exitosa. “O PIM tem conseguido desenvolver um trabalho extremamente forte principalmente através da metodologia e da experise do PIM para o PCF”, ressaltou.

Fonte: SDSTJDH


 

Comente