Curso do BID tem representantes do PIM como instrutoras

curso-online-bid-pim

O Curso online “Políticas Efetivas de desenvolvimento infantil” do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), lançado no mês passado, tem duas profissionais do Primeira Infância Melhor (PIM) como instrutoras. A coordenadora adjunta do PIM, Gisele Mariuse, e a supervisora responsável pelas Pesquisas e Parcerias Externas do PIM, Giuliana Chiappin, são responsáveis por discorrer sobre política pública de desenvolvimento infantil para o curso.

No primeiro de dois vídeos divulgados pelo curso, é abordada a temática “Avanços e desafios na América Latina e Caribe”. Chiappin cita três linhas pra fortalecer ainda mais a estratégia de intervenções pra primeira infância, que são “constante monitoramento e avaliação; envolvimento dos gestores e pessoas cruciais da sociedade que tem poder de decisão, de gerar programas e promover mudanças; sensibilização e divulgação cada vez mais dos conhecimentos, da tecnologia e da importância do investimento na primeira infância”, destaca.


Download

Já no vídeo sobre pertinência cultural e territorial, Chiappin destaca a importância de um programa como o PIM que tem metodologia própria adaptável à singularidade de cada indivíduo: “Considerar a cultura territorial e considerar as características de onde o programa vai ser aplicado é de suma importância. O melhor exemplo disso é o Primeira Infância Melhor que tem uma metodologia muito bem delineada, muito bem delimitada, mas, ao mesmo tempo, tem uma flexibilidade de adaptação dessa metodologia a partir da cultura e experiência de cada família. Então, a metodologia é a mesma para todas as famílias atendidas, entretanto, a principal característica é a adaptação disso, a reflexão desta metodologia para que ela seja adaptada na cultura e experiência de cada família”.

Em seguida, a coordenadora do PIM pontuou “as principais dificuldades: Primeiro, a integração de políticas, ações e programas que tem dentro de um território. Otimizar serviços e conseguir fazer com que um saiba o que o outro faz. A segunda […], é trabalhar com o individual. Então, quando a gente entra dentro de uma casa, […] faz planos singulares para aquela criança e para aquela família. Ao trabalhar individualmente cada ambiente, vai ter uma ação mais efetiva”, ressalta Mariuse.


Download

A primeira edição do curso terá início amanhã (19). O curso é gratuito com duração de seis semanas, ministrado em espanhol e é voltado para funcionários públicos, executores de programas e políticas, público em geral relacionado com a promoção do desenvolvimento da primeira infância e proteção da criança na região, organizações comunitárias, organizações sem fins lucrativos ou profissionais do programa em serviços de desenvolvimento infantil, educação e saúde.

As inscrições estão abertas através do site Edx.org.


 

3 Comentários

  1. Juliana Perin disse:

    Fantástico !!!! a gestão e equipe do PIM está de parabéns cada vez mais em busca de qualificação .

  2. Importantíssimo… Realmente, é de novos conhecimentos que precisamos, experiências novas. Conhecer como funcionam as políticas de desenvolvimento infantil de outros países, uma troca de conhecimentos. Isso é muito positivo.

  3. CURSO MUITO BOM, REALMENTE ESTÁ VALENDO A PENA FAZE-LO, ACRESCENTA CONHECIMENTO…PARABÉNS

Comente