Dia D da Campanha de Vacinação Contra a Gripe de 2019 acontece neste sábado

O dia 4 de maio é o ponto alta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que começou no dia 10 de abril em todo o país e segue até o dia 31 de maio. Neste sábado, haverá mobilização em todo o país em prol da vacinação contra a gripe. É o Dia D Contra a Gripe, quando postos de todo o Brasil estarão abertos.

O público-alvo prioritário da campanha – gestantes e crianças de 6 meses a menores de 6 anos -, grupos mais vulneráveis às complicações causadas pela influenza, foi ampliado a partir do dia 22 de abril, quando começou a segunda fase da campanha. Agora, podem se vacinar mães no pós-parto (até 45 dias), trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa, jovens sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade e profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas). Neste ano, a faixa-etária do público infantil foi ampliada, de até 5 anos para até menores de 6 anos, incluindo 2,8 milhões de crianças na campanha.

“Nós precisamos entender que a vacina é um direito das crianças e um dever dos seus responsáveis, que somos todos nós, pais, mães, avós, tias, professores e profissionais de saúde. Não podemos deixar de perguntar se uma criança está com o Calendário de Vacinação em dia”, destacou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

A meta é vacinar 58,6 milhões de pessoas. Para atender todo o público, o Ministério da Saúde está enviando aos estados 63,7 milhões de doses da vacina. Para o Rio Grande do Sul, foram enviadas 4.1 milhões de doses para um público-alvo de 3.7 milhões de pessoas.

PIM é prevenção

Vacinação é tema sério no Primeira Infância Melhor (PIM). A imunização está inserida dentro dos cuidados essenciais trabalhados na matriz de formações dos visitadores e no atendimento às famílias. Duas áreas técnicas da Secretaria da Saúde, Saúde da Criança e PIM, estão unidas para reforçar a temática nas formações do PIM. Para isso, o assunto é abordado de maneira mais prática, através de metodologias ativas. O objetivo é qualificar o processo de trabalho dos profissionais de saúde para melhor atenção integral à criança. Além disso, o PIM adere ano após ano às campanhas de vacinação que envolvem o público-alvo do programa.

Fonte: Ministério da Saúde