História ganhadora do Prêmio Salvador Celia é tema de reportagem da RBS TV

Mãe e filho são atendidos pelo programa Bebê Saúde/Primeira Infância Melhor de Gravataí desde 2017 (Foto: RBS TV)

O afeto, carinho e educação diferenciada que recebeu em casa auxiliam Fabiana Borges dos Santos, visitadora do Programa Bebê Saúde/Primeira Infância Melhor (PIM), a fortalecer o vínculo entre Diulia Fátima da Silva Leal e Nicolas Leal dos Santos, mãe e filho moradores do município de Gravataí e atendidos pelo PIM desde 2017. Esta história de destinos interligados, amor e superação foi tema de uma das reportagens apresentadas no último domingo (6) no Compartilhe RS, programa da RBS TV que aborda atitudes que têm impacto positivo na sociedade gaúcha.

Filha de pais com deficiência auditiva, desde cedo Fabiana aprendeu a se comunicar através da Língua Brasileira de Sinais (Libras), a linguagem dos gestos. Por meio das mãos e expressões faciais, o pai e a mãe da estudante do 5º semestre de Nutrição ensinaram à jovem uma outra maneira de se comunicar, que facilitou a relação com Diulia, que também é deficiente auditiva e mãe de Nicolas, um menino falante e alegre.

Em “A essência de uma borboleta”, autobiografia vencedora da edição de 2018 do Prêmio Salvador Celia, concurso que valoriza boas práticas de visitadores do Primeira Infância Melhor, Programa Criança Feliz e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da Estratégia de Saúde da Família (ESF), Fabiana relata parte de sua trajetória familiar e a maneira como conheceu a família de Gravataí.

No texto, a visitadora do PIM conta que Diulia, após dar luz ao filho, já tinha uma boa relação afetiva com o bebê. Porém, nem sempre a vida toma o rumo que se espera – assim mãe e filho foram afastados e a criança ficou aos cuidados da família paterna.

Utilizando a mesma linguagem das mãos que Fabiana aprendeu em casa, Diulia afirmava seu direito de ser mãe e que cabia à visitadora ser sua “rede de apoio e ouvidos”. Com o objetivo de voltar a exercer a função maternal, Diulia reorganizou sua vida e, após dez meses distantes do bebê, novamente tomou a criança em seus braços, reconstruindo a relação afetiva.

Fabiana continua prestando auxílio à mãe e filho, fornecendo informações sobre questões de maternidade, saúde  e alimentação. A visitadora do PIM também falou da relevância de uma rede de apoio interdisciplinar, que acolhe as especificidades de cada pessoa. “Por fim, ressalto a importância de que profissionais, incluindo os da saúde, devam estar preparados para atender o ser humano de forma íntegra, respeitando suas diferenças e necessidades.”

Compartilhe RS:

O programa aborda atitudes positivas e valoriza ações que contribuem para uma sociedade melhor. Apresentado por Isabel Ferrari e pelos comunicadores Marck B. e Seguidor.F, o programa é veiculado aos domingos na RBS TV e também fala sobre música, cultura e atualidades.

Clique aqui para conferir a reportagem sobre Fabiana e a família de Diulia, apresentada no Compartilhe RS.

Bebê Saúde/Primeira Infância Melhor em Gravataí

Presente no município desde junho de 2013, o programa Bebê Saúde/PIM, atende gestantes e crianças até os seis anos de idade, atuando nos eixos família, comunidade e intersetorialidade, promovendo ações de saúde, educação e assistência social. Atualmente, o programa conta com 14 visitadores, que atendem 20 gestantes e 156 crianças. Ao longo desses seis anos, cerca de 675 crianças e 120 gestantes já foram atendidas pelo programa.

Prêmio Salvador Celia

Criado em 2011, a cada ano o concurso premia diversas produções que valorizam as boas práticas de visitadores do Primeira Infância Melhor/Programa Criança Feliz e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da Estratégia de Saúde da Família (ESF) junto às famílias e comunidades atendidas no Rio Grande do Sul. Entre as modalidades já abordadas no prêmio estão: Fotografia, crônica, vídeo, áudio, história em quadrinhos, poesia e autobiografia.

Promovido pela Secretaria Estadual da Saúde, através do Departamento de Ações em Saúde,  Primeira Infância Melhor (PIM) e Estratégia de Saúde da Família (ESF), a iniciativa é uma homenagem ao Dr. Salvador Celia, reconhecido psiquiatra infantil, que dedicou-se ao estudo e promoção de ações de cuidado a bebês e crianças.

Clique aqui para ler na íntegra “A essência de uma borboleta” e as demais autobiografias vencedoras da oitava edição do Prêmio Salvador Celia.