Mais 4 municípios recebem workshops da FGV Clear sobre Avaliação Experimental do PIM

Workshop realizado no município de Rio Grande no dia 29 de maio. Foto: Divulgação.

A Avaliação Experimental do Programa Primeira Infância Melhor (PIM) segue com a realização de workshops nos municípios que aderiram à pesquisa. O estudo, uma parceria da Secretaria Estadual da Saúde (SES) com o Centro de Aprendizagem em Avaliação e Resultados para o Brasil e a África Lusófona baseado na Fundação Getúlio Vargas (FGV EESP Clear) e a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV), contou com workshops realizados entre os dias 28 e 31 de maio nas cidades de Venâncio Aires, Rio Grande, Alvorada e Caxias do Sul.

Os workshops buscam esclarecer detalhamentos sobre a pesquisa, o por que da necessidade de implementação de estudos neste sentido, instruir o município sobre os passos seguintes referentes ao levantamento de dados, além de possibilitar um momento de conversa aberta onde os representantes municipais explicitam a situação do PIM na cidade e os potenciais problemas que possam afetar a pesquisa.

Entre os participantes dos workshops, estiveram integrantes do Grupo Técnico Estadual (GTE), representantes das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS), gestores municipais e equipes técnicas que atuam no PIM e em instituições que compõem a rede de serviços do programa.

Venâncio Aires foi o primeiro município da rodada a receber workshop no dia 28. Foto: Divulgação.

O estudo experimental de programas e projetos sociais permite identificar os impactos causais sobre beneficiários além de mensurar resultados parciais já nos primeiros anos de aplicação.

Com o objetivo de conhecer os impactos do PIM na vida das crianças assistidas, o estudo envolverá cerca de três mil crianças gaúchas de até três anos de idade. Serão abordados aspectos relacionados ao fortalecimento das competências familiares, promoção do desenvolvimento infantil e acesso à rede de serviços, além de questões referentes à saúde, educação e inserção no mercado de trabalho.

O município de Alvorada também recebeu a equipe da FGV EESP Clear. A formação ocorreu no dia 30. Foto: Divulgação.

Além dos municípios citados, as equipes de Estância Velha, Serafina Corrêa, Palmeiras das Missões e Lagoa Vermelha também concordaram em participar da pesquisa e já receberam workshops. Em todos os casos, após assinatura do termo de aceite de participação na pesquisa e contatos prévios para certificação de que o município cumpre os requisitos básicos, pesquisadores do FGV EESP Clear deslocaram-se até as respectivas localidades para realizar workshops às equipes municipais.

A rodada de workshops foi encerrada em Caxias do Sul no dia 31. Foto: Divulgação.

Os municípios que tiverem interesse em participar da pesquisa ainda podem se inscrever. Os requisitos básicos do desenho experimental são excesso de demanda e expansão para área ainda não coberta pelo PIM. 

Como fazer parte da pesquisa

Os municípios interessados em participar da pesquisa longitudinal ou em obter mais informações devem  entrar em contato com o Primeira Infância Melhor (PIM) pelo e-mail pesquisapim@saude.rs.gov.br ou pelo telefone (51) 3288.5588, com Karine Verch.