PIM PIA debate erradicação do trabalho infantil

Na última quarta-feira (19), as equipes da Chácara da Fumaça e Safira Nova do Primeira Infância Melhor – Porto Infância Alegre (PIM PIA) participaram de encontro com tema tema “Erradicar o trabalho infantil: uma questão de Saúde, uma prioridade absoluta”. O evento foi realizado pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Nordeste, juntamente com outros serviços da região do bairro Mário Quintana, na Associação Espaço Comunitário Natureza Cidadania e Paz (Nacipaz), em Porto Alegre.

A coordenadora do PIM PIA, Tatiane Bernardes, afirmou que o trabalho infantil causa consequências nas crianças como cansaço, distúrbios de sono, irritabilidade, alergia e problemas respiratórios. “Alguns deles exigem esforço físico extremo como carregar objetos pesados ou adotar posições que prejudicam o crescimento, ocasionando lesões na coluna”, esclareceu. Tatiane ainda destacou que o trabalho infantil é uma das causas da evasão escolar.

Combate ao trabalho infantil

No Brasil, há vários canais de combate ao trabalho infantil. O Disque 100 coleta informações de forma gratuita e anônima e as encaminha aos órgãos responsáveis.

A Ouvidoria do Tribunal Superior do Trabalho (TST) é outro canal de comunicação que pode ser acionado. Basta entrar em contato pelo número 0800-644-3444 (para telefonia fixa) e (61) 3043-4300 (para telefonia móvel).