Prêmio Salvador Celia – 4ª Edição

psc-2014-2

salvador-celia XII Semana Estadual do Bebê

Modalidade: Vídeo

Tema: “A criatividade nas vivências de cuidado com a infância, a família e a comunidade”

O homem é, sob muitos aspectos, produto da sociedade, do ambiente […] sendo primordiais, principalmente, as (interações) que ocorrem nas primeiras etapas da vida, como a lactância, a infância e a adolescência. Essas interações possibilitarão ao homem ser criativo em maior ou menor intensidade.” (Salvador Celia)

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através do Departamento de Ações em Saúde (DAS), por intermédio das coordenações da Atenção Básica e Primeira Infância Melhor (PIM), promove a 4ª Edição do Prêmio Salvador Celia – uma iniciativa voltada à valorização das boas práticas de Visitadores do PIM e Equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) / Agentes Comunitários de Saúde (EACS) junto às famílias e comunidades atendidas.

Este prêmio é uma homenagem ao Dr. Salvador Celia, reconhecido Psiquiatra Infantil que dedicou parte da sua vida a estudar e promover ações de cuidado a bebês e crianças.

Como parte das comemorações da 12ª Semana Estadual do Bebê, o Prêmio Dr. Salvador Celia será concedido para sete visitadores do PIM e para sete equipes da ESF/EACS, conforme regulamento descrito no edital de 2014.

psc-2014-3

Vencedores

PIM

Macrorregião: Centro Oeste

Município: São Sepé

Título: Criança Aprende Brincando

Resumo: “Este vídeo foi realizado pela Visitadora Maria Alice Neves de Oliveira, na Vila Block juntamente com suas famílias do Primeira Infância Melhor. O vídeo tem como propósito mostrar o desempenho diário da visitadora e além disso o vínculo que ela proporcionou as famílias atendidas. “Só as crianças e os velhos conhecem a volúpia de viver dia-a-dia, hora a hora, e suas esperas e desejos nunca se estendem além de cinco minutos.”  – Mario Quintana”

Responsáveis:

  • Maria Alice Neves de Oliveira (Visitadora)

Macrorregião: Metropolitana

Município: Viamão

Título: A experiência em Viamão

Resumo: A mãe apresentada nesse vídeo é acompanhada pelo PIM desde sua gestação. O vídeo relata sua experiencia de quando esta descobriu sua gravides não planejada. Sabemos que o bebê sente tudo que sua mãe está sentindo então a atividade do PIM naquele momento foi para sensibilizá-la a mais essa vida que estava a caminho. A “caixinha de sentimentos” foi dada a ela para ser utilizada como um mecanismo de auto ajuda e aceitação, e apos algum tempo de atendimento atingiu seu objetivo.

Responsáveis:

  • Cláudia da Silva Ramos (Visitadora)
  • Kelly Cristine Oliveira dos Santos Cunha (Monitora)
  • Ariane Medeiros Rodrigues (Monitora)
  • Michele da Silva Correa (GTM)

Macrorregião: Missioneira

Município: Horizontina

Título: Projeto Shantala

Resumo: “PROJETO SHANTALA – O PIM de Horizontina desenvolveu durante o ano de 2014 um projeto envolvendo gestantes e crianças objetivando exaltar a importância dos vínculos afetivos familiares, demonstrando amor através de massagens ou seja, do toque, este denominado Projeto Shantala. A Shantala é uma massagem milenar, sendo descoberta por um médico-obstetra francês Frédérick Leboyer, o qual vivenciou a cena de uma mulher paraplégica em uma calçada pública, massageando seu bebê e a mesma chamava-se Shantala, este então acompanhou cada movimento e fez o possível para que as fotografias exprimissem a profundidade e o amor envolvidos, foi em homenagem a essa mãe, que a técnica de massagem em bebês denomina-se Shantala. Essa técnica consiste em massagear todo corpo do bebê, visando o equilíbrio físico, psicoemocional e energético, por isso o bebê deve estar confortável, em um ambiente tranquilo. Iniciamos no município de Horizontina as atividades de Shantala com o intuito de explorar os grandes benefícios que essa técnica de massagem produz á criança e aos pais ou seus cuidadores. Possuímos hoje em nosso grupo uma visitadora/massoterapeuta que serve como facilitadora para a equipe, instruindo de maneira correta os movimentos e as técnicas utilizadas nessa massagem, Promovemos encontros com as famílias desde a gestação, nas modalidades de atenção grupal á gestante e dando uma maior ênfase nas visitas domiciliares. Shantala: massagem e carinho para o seu bebê!

Responsáveis:

  • Rozedir Dockhorn (Visitadora)

Macrorregião: Norte

Município: Tapejara

Título: A criatividade nas vivências de cuidado com a infância, a família e a comunidade

Resumo: “O vídeo mostra um pouco da rotina e um breve resumo das atividades desenvolvidas com o João Vitor, durante o tempo que a família esta participando do Programa Primeira Infância Melhor, Tapejara-RS. As atividades desenvolvidas proporcionaram a interação mãe e filho, e o desenvolvimento integral da criança. Com esse vídeo podemos mostrar a importância das atividades desenvolvidas pelo Programa Primeira Infância Melhor.

Responsáveis:

  • Loani Bolzani (Visitadora)
  • Danúbia da Silva Moraes
  • Patricia Beé Stefini (Visitadora)
  • Eni Andreolla (GTM)
  • Cleusa Regina da Luz (Visitadora inativa)

Macrorregião: Serra

Município: Caxias do Sul

Título: Book Coletivo de Gestantes

Resumo: “O vídeo aqui publicado surgiu por meio da grande demanda de gestantes para a produção de books individuais. Para que fosse possível o book coletivo participaram seis visitadoras, a monitora e uma GTM. Buscamos ajuda para as produções de cabelo e maquiagem com o SENAC que possui cursos subsidiados pelo PRONATEC. Contatamos a Universidade de Caxias do Sul (UCS) que dispõe de um ambiente ao ar livre, sem restrições tanto a Universidade como a equipe do SENAC abraçaram a causa. Necessitávamos fazer o deslocamento destas gestantes, evolveram-se na ação seis gestantes e todas receberam vale transporte que foram disponibilizados pela Fundação de Assistência Social (FAS). O evento teve duração de 5h30min e mais de duzentas fotos. As gestantes receberam um DVD com as fotos trabalhadas em vídeo acompanhava a foto de capa e um arquivo com as fotos em mídia, todo material foi produzido pela equipe PIM. Durante o espaço de tempo necessário para tais produções as gestantes recebiam as visitas do PIM e demostravam ansiedade em visualizar o resultado e dividi-lo com seus familiares. No momento de receber o material emocionaram-se, pois nenhuma delas havia tido a oportunidade de fazer um book, algumas nunca haviam tirado foto da barriga enquanto gestante, outras nunca haviam se maquiado. Deste evento obtivemos um dia rico em trocas, muita alegria, novas amizades, emoções e percebida elevação da autoestima, também conquistou-se uma maior aproximação das participantes com a equipe PIM.”

Responsáveis:

  • Juliana Bonatto (Visitadora)
  • Jaqueline Decol (Visitadora)
  • Bárbara de Oliveira Scherer (Visitadora)
  • Thais Luiza Batista Costa (Visitadora)

Macrorregião: Sul

Município: Pelotas

Título: O processo do caminhar

Resumo: “A família de Vanessa  é atendida  pelo PIM desde 2008. É uma família em situação de vulnerabilidade social, vive com uma renda baixa, mas apesar das limitações continua buscando o melhor  desenvolvimento para suas crianças, sendo que o seu filho mais velho é diagnosticado com retardo mental e hiperatividade, enfrentando obstáculos e preconceitos diariamente. No vídeo, mostra-se o processo do caminhar de Caio, 1 ano e 9 meses, que começou tardiamente ( 1 ano e 4 meses) devido as condições do local, mas com o estímulo do PIM e insistência da mãe, Caio conseguiu dar seus primeiros passos em direção a uma infância melhor.

Responsáveis:

  • Ingrid Moura Dias (Visitadora)
  • Priscilla Moraes Dutra (Visitadora)
  • Patrícia Medronha Soares (Visitadora)
  • Maria de Lourdes Botelho (GTM)

Macrorregião: Vales

Município: Santa Cruz do Sul

Título: Lúdico, integrado e divertido

Resumo: “No início de cada encontro trabalhamos algum tema de interesse das gestantes, convidando profissionais de outros serviços para se integrar ao nosso trabalho. A fala não deve exceder 20 minutos e acontece, de preferência de forma lúdica. Neste encontro, a assistente social de outro setor foi convidada a participar para falar sobre direitos do bebê e da gestante. Para criar um clima de descontração total das participantes, sempre incluímos uma atividade física ou recreativa como alongamentos, exercícios de respiração, dança e jogos afetivos, que buscam melhorar a aptidão cardiorrespiratória, aumentar a flexibilidade, propiciar relaxamento e integração, e claro, todas as atividades rendem muitas risadas ao final. No vídeo apresentado, está sendo realizado o jogo “Escravos de Jó”, o qual tem o objetivo de primorar a atenção, a coordenação motora, o senso de responsabilidade e também ritmo de forma lúdica e divertida. A fala da mãe adolescente que participou de todos os encontros programados, demonstra a importância de se ter um espaço para que estas meninas possam confeccionar, socializar, falar de seus medos, angústias, num espaço sem preconceito e julgamentos, podendo demonstrar ao seu filho, futuramente, que ele foi esperado, desejado, mostrando a ele os objetos que foram confeccionados a sua espera e posteriormente a importância que o grupo teve para a sua vida e para o bebê.”

Responsáveis:

  • Andréia Kaufmann de Oliveira Fritsch (Visitadora)
  • Luiza Rafaela da Fontoura Rodrigues (Visitadora)

Vencedores

ESF

Macrorregião: Centro Oeste

Município: Santana do Livramento

Equipe: Agente Comunitário Da Saúde

Título: A Visita Domiciliar dos ACSs como Instrumento de Trabalho

Resumo: Este trabalho foi criado com informações e atuação dos Agentes comunitários de saúde (ACSs) da ESF-Tabatinga Maria Abegahir. O assentamento da área rural União Rodeiense, é situada a 17 km da cidade de Santana do Livramento. A demanda da população é feita através das visitas domiciliares. Este trabalho é realizado uma vez a cada 2 meses com  participação da equipe de saúde incluindo atividades educativas e vários serviço de saúde tais como Vacinação, coleta de CP,teste Rápido, Avaliação Nutricional das crianças de baixo peso,entrega da carteira da criança e  do Adolescente, encaminhamento de mamografias, (etc..), facilitando desta forma o meio de acesso ao serviço de saúde. A atuação dos ACSs através das visitas domiciliares tem o objetivo de mostrar a realidade do trabalho através das visitas domiciliares o cuidado e dedicação que oferecem as famílias alem do elo e informações em saúde sendo estes colhidos pela própria comunidade.

Responsáveis:

  • Edilha Glacir Lopes Ilha
  • Edioles Pereira De Carvalho
  • Carlos Augusto Rohmann Correia
  • Sabrina Ferreira Da Rosa
  • Lenise Ferreira Salgado
  • Tailene Dutra Cordeiro

Macrorregião: Metropolitana

Município: Viamão

Equipe: UBS Augusta Meneguine

Título: ESF Viamão – Vivências e convivências no grupo de idosos

Resumo: “O fortalecimento da Atenção Básica por meio da implantação das Equipes de Saúde da Família é a estratégia prioritária para reorganização do modelo assitencial no país. Entre as atividades das equipes de Saúde da Família está a promoção de saúde, e este se apresenta como um desafio cotidiano. No município de Viamão, específicamente na região da Augusta, área de maior vulnerabilidade social do município, o poder público tem concentrado esforços por meios das Póliticas públicas Integradas com o objetivo de minimizar as disparidades sociais e agregar significado à vida das pessoas. Entre as ações desenvolvidas pelas equipes e ESF está a atividade de grupo com idosos, o Grupo Mãos Dadas que mobiliza a comunidade com o objetivo de promover e integrar ações de educação e promoção de saúde, o grupo é conduzido pelas agentes Comunitárias e a equipe de ESF.”

Responsáveis:

  • Eleonora Merfer da Silva
  • Michele Correa
  • Clotilde Teresinha de Freitas Borba
  • Kelly Cristine Oliveira dos Santos Cunha
  • Ariane Medeiros Rodrigues

Macrorregião: Missioneira

Município: Cruz Alta

Equipe: ESF Lizabel

Título: Grupo de Atividades Físicas “Um olhar com uma visão a mais”

Resumo: “Através de visitas domiciliares as ACS da Vila lizabel sentiram a necessidade de organizar e atender a comunidade. Que estavam com o índice elevado de hipertensos, diabéticos, depressivos e sedentários, essas informações foram levadas até a coordenação, que em conjunto com a fisioterapeuta e os ACS foi criado o grupo de atividades físicas “Um olhar com uma visão a mais”. Essa experiência foi pensada e desenvolvida para melhorar a qualidade de vida,  reduzindo danos e conscientizando a população da importância da prática de atividades físicas para sua saúde física e mental. Desde o inicio do nosso grupo agregamos várias atividades como: dança, atividades ao ar livre, festas em datas comemorativas , obtivemos melhoras nos índices de hipertensão, diabetes tivemos também redução de peso entre os pacientes, a redução de medicação e auto estima elevada naqueles pacientes que sofriam de depressão. Notamos também que eles começaram a se relacionar melhor uns com os outros( melhorando assim a memória, e o bem estar)”

Responsáveis:

  • Lúcia Izabel de Souza
  • Vanessa Bachio Cavalheiro
  • Elaine Mayer Agertt da Rosa
  • Nataliê Dorneles da Silva
  • Ernestina de Fátima Berta
  • Diênifer Jaqueline Cavalheiro

Macrorregião: Norte

Município: Tapera

Equipe: Bem Viver Centro

Título: Um Olhar mais Humanizado

Resumo: “Nós agentes comunitárias de saúde do esf bem viver centro de tapera-rs, preocupadas  em realizar um trabalho voltado a humanização, desenvolvemos um projeto direcionado a crianças, adolescentes e idosos. O trabalho consiste na sacola magica, no contando um conto, despertando um sorriso e dia da beleza. A sacola magica surgiu para que pudéssemos despertar o fascínio pelos livros, o encanto pela leitura e pelo simples, onde do pouco colhemos grandes resultados. Contando um conto foi a forma de dar vida aos personagens de histórias infantis, instigando assim a imaginação de nossas crianças. O dia da beleza é realizado em grupos de nossa comunidade onde levamos um pouco de alegria, descontração, e autoestima. valorizando a beleza interior independente da idade. O despertando um sorriso tem com objetivo transmitir carinho e atenção as pessoas que se sente sozinhas. O nosso olhar esta voltado a saúde e principalmente ao bem estar físico e psíquico da população.”

Responsáveis:

  • Cleia Ficagna
  • Estefani Alves dos Santos
  • Neiva Paulus Passinato
  • Maria Ivone Siqueira
  • Lucir Bulle
  • Noeli Willens
  • Adriana Couto Varga
  • Cleonice Regina Schneider

Macrorregião: Serra

Não houve inscrição de trabalhos desta Macrorregião

 

Macrorregião: Sul

Município: Rio Grande

Equipe: Área 29

Título: Leitura no Beko

Resumo: “Através de doações de voluntários e muita vontade de mudar a realidade,as ACS da área 29 criaram o Projeto “Leitura no Beko” que proporciona as crianças que moram ao redor do lixão no bairro Maria dos Anjos do Município do Rio Grande um espaço lúdico,com leitura,brincadeiras,reforço escolar e estímulo a criatividade.Além disso as mães também recebem cursos de artesanato. O container onde o projeto ganhou vida e cor é um ambiente saudável,de interação onde toda a comunidade se envolve em prol da saúde e educação das crianças.”

Responsáveis:

  • Sabrina Mackdanz
  • Márcia Carrir

Macrorregião: Vales

Município: Santa Cruz do Sul

Equipe: ESF Gloria/Imigrante

Título: Filme ACS/ESF Glória

Resumo: Este vídeo foi produzido pela equipe da Estratégia de Saúde da Família Glória/Imigrante, do município de Santa Cruz do Sul/RS, para apresentar o trabalho feito pelas Agentes Comunitárias de Saúde no desenvolvimento psicomotor e psicossocial das crianças da comunidade; bem como o cuidado com a gestante, do pré-natal ao puerpério, dando ênfase ao vínculo familiar e comunitário.

Responsáveis:

  • Roselane Nunes da Silva

Mais Informações