Presídio Feminino recebe livros infantis arrecadados em seminário do PIM

A Unidade Materno Infantil (UMI) do Presídio Feminino Madre Pelletier (PFMP) recebeu, no último dia 20, os livros doados pelos participantes do XIII Seminário Internacional da Primeira Infância. As doações foram entregues por membros do Grupo Técnico Estadual (GTE) do PIM, recebidas pela diretora do presídio, Maria Clara de Matos, e distribuídas para as mulheres que estão na UMI.

Bruno Moraes, representante do GTE, ressaltou a importância da inserção do hábito da leitura já na primeira infância tanto para o desenvolvimento infantil quanto para fortalecer os vínculos do cuidador com a criança. “Para 2020, estamos planejando realizar oficinas na UMI específicas de contação de histórias e os livros doados serão fundamentais nessa atividade”, adiantou.

Desde 2012, o PIM realiza ações para as gestantes e mães que estão com seus bebês no Presídio Feminino de Porto Alegre. No Rio Grande do Sul, as gestantes e mães privadas de liberdade ficam com seus bebês na UMI até que ele complete um ano de idade e, após esse período, o filho segue aos cuidados de alguém designado pela mãe. Os grupos realizados nesse espaço abordam temas sugeridos pelas mulheres como amamentação, vínculo mãe/bebê, desenvolvimento infantil, ludicidade, saúde sexual e reprodutiva e musicalidade como ferramenta que fortalece o vínculo materno-infantil, entre outros.

:: Mais informações

Para saber mais sobre as ações do PIM nos estabelecimentos prisionais femininos, acesse a página População feminina privada de liberdade (clique aqui).