Restinga Seca realiza atividade de sensibilização em comunidade quilombola - PIM - Primeira Infância Melhor PIM – Primeira Infância Melhor

Restinga Seca realiza atividade de sensibilização em comunidade quilombola

Restinga Seca

Na última terça-feira (8), o município de Restinga Seca recebeu visita técnicos da Secretaria Estadual da Saúde (SES) e da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH) para a realização de sensibilização das famílias da comunidade quilombola São Miguel Velho para a participação nas ações promovidas pelos programas Primeira Infância Melhor e Criança Feliz (PIM/PCF).

Na ocasião, foi realizada atividade no salão comunitário com a presença do vice-prefeito, secretária municipal da Assistência Social, representantes do Grupo Técnico Municipal (GTM) do PIM/PCF, visitadoras, Agentes Comunitárias de Saúde (ACS) de referência para a comunidade e famílias do público-alvo do PIM/PCF.

Letícia Boeira, integrante do Grupo Técnico Estadual (GTE) do PIM, conduziu a apresentação do trabalho pontuando aspectos como a sistemática das visitas, os resultados e a forma de participação dos cuidadores das crianças que se encontram na faixa etária de zero a seis anos. Também estiveram presentes o coordenador estadual da Saúde da População Negra, Carlos Roberto Goes, e a técnica da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH), Kelly Fernanda do Prado. Todas as famílias presentes foram convidadas e participar do trabalho e a multiplicar esta informação junto aos outros comunitários.

O município de Restinga Seca habilitou ao PIM no ano de 2004 e conta com seis visitadores e uma monitora. No ano de 2017, o município realizou adesão também ao Programa Criança Feliz, ação do Governo Federal de caráter intersetorial que tem a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.


 

Comente