Semana Municipal do Bebê é instituída no Rio Grande

foto 1

Os programas Primeira Infância Melhor (PIM) e Criança Feliz (PCF), através das Secretaria de Município da Saúde e Assistência Social do Rio Grande, organizaram o seminário de abertura da Semana do Bebê, que vem sendo realizado no município há sete anos. Com o tema “Quem cuida também precisa de cuidados”, o evento contou com a presença do prefeito do Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer; do secretário municipal da Saúde, Maicon Lemos e do coordenador do Núcleo de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente, Fernando Bitello.

Na cerimônia, também ocorreu a assinatura da lei que institui a Semana Municipal do Bebê no Rio Grande. Palestras e rodas de conversa com especialistas fizeram parte da extensa programação do evento realizado na manhã de 19 de novembro no Salão Nobre Deputado Carlos Santos.

Através de palestras com temas relevantes ao desenvolvimento infantil, a ação visa melhor qualidade de vida para as crianças desde a gestação, conscientizar a sociedade sobre o cuidado na primeira infância, contribuir na redução do índice de mortalidade infantil e o aperfeiçoamento de profissionais e da comunidade.

foto 2

Ao final da abertura do seminário, Lindenmeyer reforçou a importância do trabalho intersetorial das secretarias. “Aproveito essa oportunidade para parabenizar esse trabalho realizado em rede pelas secretarias de Município da Saúde, Cidadania e Assistência Social e Educação. Um trabalho transversal, desenvolvido com o intuito de promover a qualidade de vida para as nossas crianças”, completou. Outro destaque importante foi a a assinatura da lei que institui a Semana Municipal do Bebê no Rio Grande, de autoria do vereador Edson Lopes.

Valorizando as famílias atendidas pelos programas, o município criou o I Bebê PIM/CF, que concedeu certificado para os familiares que apresentaram melhores resultados nos quesitos de assiduidade, cuidado com a criança e comprometimento nas atividades do Primeira Infância Melhor e Criança Feliz. Atendido desde a gestação, o vencedor foi Kauã Medeiros Hernandes.

Com a palavra, Bitello falou sobre o impacto positivo dos programas. “Trata-se de um programa fundamental para a nossa cidade, que monitora o desenvolvimento na fase mais importante dos bebês, ou seja, na faixa de 0 a 3 anos. Um trabalho que repercute positivamente nos indicadores da cidade, com a garantia de crianças mais saudáveis e redução da mortalidade infantil”, destacou. O coordenador destacou ainda a relevância da parceria entre a Secretaria de Município da Educação (SMEd) e de Cidadania e Assistência Social (SMCAS) para a execução dos trabalhos.

equipe