pim-unl-rs-1

Pesquisadores da University of Nebraska Lincoln conheceram o trabalho realizado pelo Primeira Infância Melhor (PIM), na última terça-feira (07). O objetivo da visita de Cody Hollist e Paul Springer, do Departamento de Estudos de Crianças, Adolescentes e Famílias, foi ampliar o conhecimento a respeito do Programa para alinhar uma parceria entre a Secretaria Estadual da Saúde (SES) e a universidade americana.

Acompanhados da supervisora da Macrorregião Metropolitana do Grupo Técnico Estadual (GTE) do PIM, Kelly Cunha, e da supervisora responsável pelas Pesquisas e Parcerias Externas do PIM, Giuliana Chiapin, os acadêmicos visitaram a Unidade Básica de Saúde (UBS) onde a equipe municipal do PIM tem sua sede e trabalha integrado aos Agentes Comunitários de Saúde.

Hollist e Springer tiveram oportunidade de conhecer a representante da Saúde no Grupo Técnico Municipal (GTM) e coordenadora da Estratégia de Saúde da Família (ESF), Michele Galvão. Após conversar com a equipe do PIM, da Atenção Básica e da UBS, os pesquisadores acompanharam uma modalidade de visita domiciliar do PIM em Viamão.

Eles também visitaram a sede estadual do PIM na Secretaria Estadual de Saúde (SES), onde conheceram os integrantes do GTE. Nesta oportunidade, a Coordenadora Adjunta do PIM, Gisele Mariuse, apresentou o Programa com a finalidade de discutir futuras parcerias. O secretário de Estado da Saúde adjunto e coordenador do Primeira Infância Melhor, Dr. Francisco Paz, participou da reunião enfatizando o interesse da SES nesta parceria e na importância das avaliações de impacto do serviço que o PIM oferece às crianças e famílias do Rio Grande do Sul.

Pesquisadores participaram de reunião com o Grupo Técnico Estadual do PIM - Foto: Priscila da Silva/SES

Pesquisadores participaram de reunião com o Grupo Técnico Estadual do PIM – Foto: Priscila da Silva/SES

 

Os pesquisadores destacaram a qualidade do trabalho realizado. “Ao fazer uma visita com o PIM eu pude ver o poder e o impacto do Programa. Abriu meus olhos para a influência do PIM para as crianças, famílias e comunidade”, declarou Hollist. Já Springer ressaltou o trabalho conjunto entre Visitadores e famílias para o desenvolvimento das crianças. “Fiquei impressionado com o vínculo entre a Visitadora e a família. Ficou claro que trabalham juntos para aumentar a qualidade do desenvolvimento. Ótimo!”, enfatizou.

A visita dos acadêmicos ao Rio Grande do Sul foi alinhada no evento “UNL – Brazil Partners Working Meeting” que teve participação do PIM. A reunião ocorreu em São Paulo nos últimos dias 18 e 19 de maio onde foi lançada a oportunidade de financiamento para projetos de avaliação de impacto dos programas do Brasil.

Fonte: SES/RS