pim-rs-contra-aedes

A Resolução da Comissão Intergestores Bipartite do Rio Grande do Sul (CIB/RS) de número 12/2016, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no último dia 15, aprova a Nota Técnica para Organização da Atenção Básica no combate ao Aedes aegypti e doenças relacionadas no Estado do Rio Grande do Sul. A Resolução oficializa o programa Primeira Infância Melhor (PIM) no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika.

A inclusão do PIM na ação se dá durante as visitas domiciliares, onde os Visitadores devem seguir o planejamento pré-estabelecido de visitas às famílias e fornecer informações acerca da prevenção ao mosquito e doenças transmitidas pelo vetor além de realizar buscas de focos do Aedes aegypti em todas as visitas. A atuação dos Visitadores será feita segundo check-list do Plano de Ação dos Agentes Comunitários de Saúde, publicado a seguir. Os documentos foram desenvolvidos com o apoio do núcleo de Telessaúde/RS e Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS).

Anterior à abordagem, devem ser observados os serviços presentes nos territórios adscritos de forma a não produzir duplicidade de ações pelos profissionais (ACS/Visitador), bem como não gerar conflito de atribuições e fluxos entre os mesmos.

O PIM disponibilizará, em seu site oficial, informações complementares voltadas a auxiliar a atuação do Visitador. Além disso, o site www.rscontraaedes.ufrgs.br e o telefone 0800-645-3308 estão disponíveis para a população se informar sobre as doenças, ações de prevenção e fazer denúncias de focos do mosquito.

Resolução CIB/RS 12/2016

Download: Resolução 012.16 – Nota Técnica – Atenção Básica

DOE 15/01/2016

Download: DOE 15/01/2016 Resolução 12-16 Nota Técnica Aedes aegypti