CHAMAMENTO PÚBLICO AOS MUNICÍPIOS DO RS PARA ADESÃO OU AMPLIAÇÃO DO PIM

A Secretaria da Saúde do Estado (SES/RS), representada neste ato pela secretária da Saúde, Arita Gilda Hubner Bergmann, torna pública a abertura do edital de chamamento público aos municípios do estado do Rio Grande do Sul para apresentarem proposta de adesão ou...

Período eleitoral 2022: Comunicado às equipes municipais do PIM

Em cumprimento à legislação eleitoral e à jurisprudência vigentes em 2022, fica vedada a ostentação de logo de governo pelas equipes estadual e municipais do PIM a partir do dia 02/07/2022 até o final das eleições de 2022.

Comunicado: Redes sociais e parte do site do PIM serão temporariamente desativados durante o período eleitoral

Devido às restrições impostas pela legislação eleitoral, as redes sociais oficiais da coordenação estadual do Primeira Infância Melhor (PIM) ficarão temporariamente suspensas, assim como parte do site do programa, a partir de 02/07/2022 até o final das eleições de 2022.

Ações presenciais pela primeira infância no território

209

municípios habilitados

Situação atual

Clique para saber mais

1.300

visitadores ativos

Situação atual

Clique para saber mais

30.548

meta de indivíduos

Situação atual: meta mensal de indivíduos (crianças e gestantes) a serem acompanhados

Clique para saber mais

*dados referentes a maio/2022

Objetivo do PIM

Apoiar as famílias, a partir de sua cultura e experiências, na promoção do desenvolvimento integral das crianças, desde a gestação até os seis anos de idade.

Seções

PIAPS

SisPIM

Covid-19

Formação

O PIM agora conta com ambiente virtual de aprendizagem para formações, o e-PIM. Por meio da plataforma EaD, o programa visa à qualificação dos espaços de diálogo, aproximação das pessoas, mesmo quando distantes fisicamente, e oferta de uma forma democrática de realização das formações e trocas de conhecimentos do PIM. Acesse!

A gestação é um período em que você passa por intensas transformações físicas e emocionais. Essas mudanças podem gerar medos, angústias, fantasias e até mesmo curiosidade em saber o que se passa no interior de seu corpo. Mesmo quando a gestação foi programada e desejada, ao ser confirmada, alguma dessas sensações podem estar presentes.

Leia mais

É muito comum à grávida ouvir inúmeros comentários e conselhos a respeito do parto, alguns bons, outros, nem tanto. Existem muitas crendices em torno do parto. Então, esteja atenta para não se sentir abalada ou envolvida por tais comentários. Mantenha-se tranquila! Tire suas dúvidas com o médico e busque orientações com o Visitador. Lembre-se de que o parto é vivenciado de maneira diferente em cada mulher.

Leia mais

O puerpério, também denominado quarentena, é o período em que se inicia o resguardo e tem duração aproximada de 42 dias. Nesse período, é comum e normal você sentir vontade de chorar sem motivo aparente, irritar-se com facilidade, apresentar tristeza e desânimo. Essa vivência pode ser chamada de melancolia pós-parto. Porém, se tais sensações persistirem por longo tempo, você deverá solicitar ajuda ao médico.

Leia mais

O bebê acaba de nascer e é muito importante que a família conheça suas características, as etapas do desenvolvimento de cada período da vida da criança, sua individualidade e saiba do que ela gosta ou não e o modo como se comunica. Você já observou que o bebê é um ser indefeso e depende de você ou da pessoa que o cuida para sobreviver. Isso exige uma atenção constante dos pais ou cuidadores.

Leia mais

Nesta fase as mudanças são facilmente notadas. Você perceberá que ele reconhece as pessoas de seu convívio e sorri para aquelas mais íntimas. Por volta dos seis meses, frente a uma pessoa desconhecida, ele poderá estranhar e chorar. Com essa idade, o bebê pode agarrar os objetos que estiverem ao seu alcance e, com ajuda, poderá mudar de posição e se manter sentado sozinho por alguns instantes. 

Leia mais

Seu filho está crescendo e, certamente, você tem visto como ele já pode fazer muitas coisas. Seu papel tem sido fundamental, pois a alegria, a felicidade e a saúde da criança dependem muito de você. Agora seu filho já pode arrastar-se e/ou engatinhar. Ele se movimenta, fica sentado e em pé segurando-se na grade do berço e nos móveis. Ao final dessa faixa etária já pode tentar dar passos quando segurado pela sua mão. Se ainda não atingiu esse estágio de desenvolvimento continue estimulando-o, pois cada criança tem o seu ritmo!

Leia mais

Com a sua dedicação e ajuda, seu filho já pode fazer muitas coisas. Pegar, atirar, colocar e retirar objetos de caixas ou potes. Pode cumprir ordens simples como: “vem aqui”, “pega o brinquedo”, “me dá” e “tchau”, quando acompanhadas de gestos. Dê ordens simples sempre com a voz suave e carinhosa. Caso não responda à ordem, repita em outros momentos com calma até obter resposta.

Leia mais

Considerando que o período de desenvolvimento da criança entre 1 e 2 anos de idade é longo, acelerado e permeado de transformações socioafetivas, motoras, cognitivas e na linguagem, optamos por subdividir esta etapa de desenvolvimento em dois períodos: 12 aos 18 meses e 18 aos 24 meses de vida, ou seja, de 1 ano a 1 ano e 6 meses e de 1 ano e 6 meses aos 2 anos.

Leia mais

Nesta idade, a criança já corre com segurança e pula com os dois pés juntos e/ou fica num pé só. Seus movimentos, principalmente os das mãos, estão se aperfeiçoando. Isto se nota na forma como leva o copo e a colher à boca, escova os dentes e rabisca em folhas de papel. Deseja fazer o que os adultos fazem, brincando que é a mamãe, o papai, o motorista, entre outros.

Leia mais

A criança nesta idade quer realizar novas proezas. Ela já consegue correr com segurança em diferentes direções, saltar e até subir em alguns lugares; salta com segurança e/ou pula num pé só alternadamente. Com auxílio, ela pode vestir e tirar a sua roupa, além de abotoar. Já come utilizando o garfo, lava as mãos e vai ao banheiro sozinha.

Leia mais

A criança nesta fase coordena melhor os movimentos do corpo. Corre, salta, atira e recebe a bola com mais segurança. Cada vez é mais independente e pode fazer sozinha muitas coisas que antes precisava de ajuda. Veste-se, tira a roupa e consegue tomar banho sozinha. Decide do que brincar e busca os brinquedos e objetos que vai utilizar.

Leia mais

Seu filho está crescido e continua aprendendo. Seus movimentos são mais precisos e coordenados. Move-se com agilidade e flexibilidade, que demonstra não só ao caminhar e correr, como ao desenhar, recortar e rasgar papéis. Apresenta vocabulário amplo, gosta de conversar, fala o que pensa, pergunta por que acontece uma coisa e não a outra e por isso, faz tantas perguntas.

Leia mais

Programa

Criança Feliz no RS

No Rio Grande do Sul, o Criança Feliz e o PIM estão integrados na sensibilização, articulação, implantação e execução de ambos os programas, bem como estabelecem construções conjuntas envolvendo profissionais da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (STAS), Secretaria da Educação (SEDUC) e da Secretaria da Saúde (SES). O PIM está colocado como executor metodológico do PCF no Estado e capacita, assessora, apoia na elaboração de materiais e na proposição de estratégias.

Pesquisas & Avaliações

Estudo longitudinal que avalia o impacto do Primeira Infância Melhor (PIM) a curto, médio e longo prazo sob diversos fatores durante um longo período de tempo.

Fundação Getúlio Vargas

Estudo evidencia eficácia do PIM no desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais que podem servir como fator de proteção à violência.

UFPel, Udesc e UFRGS

Estudo sobre a qualidade de programas de visita domiciliar observou visitas realizadas pelo PIM e programas de 7 países da América Latina e Caribe.

Banco Interamericano de Desenvolvimento