No próximo dia 16 de outubro, é comemorado o Dia Mundial da Alimentação, criado em 1981 em alusão à data da criação da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). Este ano o tema é “Alimentos seguros agora para um amanhã saudável”.

No Brasil, o Inquérito da Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia, estudo realizado pela Rede Penssan em 2020, revelou que 19,1 milhões de pessoas passam fome no Brasil, enquanto 116,8 milhões não se alimentam direito. O agravamento da fome exige agilidade na implementação de políticas de segurança alimentar e nutricional. Neste contexto de urgência, a distribuição de cestas básicas representa um importante movimento promovido, sobretudo, pela sociedade civil organizada.

Em ação sobre a temática, a Rede Nacional Primeira Infância (RNPI), por meio da comissão “Covid e Primeira Infância”, da qual o Primeira Infância Melhor (PIM) faz parte, lançou a campanha “Alimento com carinho às crianças pequenas”.

A iniciativa tem como objetivo sensibilizar organizações e gestores públicos neste movimento emergencial para doação de cestas básicas que tenham um olhar cuidadoso para as crianças na primeira infância, incluindo nas cestas itens que fortaleçam seu desenvolvimento integral. A campanha também recomenda uma relação de iniciativas a serem priorizadas pelo poder público. 

Nesta primeira etapa, a campanha é composta por uma carta para organizações e outra para gestores públicos e também 4 peças para redes sociais. 

A Comissão Covid e Primeira Infância é composta pela Plan International, Instituto Avisa Lá, Usina da Imaginação, Centro Educacional Infantil Luz e Lápis, ANDI – Comunicação e Direitos, Monte Azul, United Way Brasil, IFAN e PIM/RS.
Fonte: RNPI