O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) publicou resultado de pesquisa sobre a qualidade de programas de visitação domiciliar na América Latina e Caribe. A publicação funciona como instrumento de medição com indicadores de avaliação que devem ser utilizados para a garantia da qualidade na implementação destes programas. Ao todo, foram selecionados programas de sete países. No Brasil, o Primeira Infância Melhor (PIM) foi o único programa selecionado para representar o país.

O estudo observou visitas realizadas pelo PIM em Ronda Alta, município localizado no norte do Rio Grande do Sul, no ano de 2014. Nos encontros, foram observados visitadores com tempo de experiência diferentes, que mostraram compreensão das necessidades e características das famílias, além de ser destacada a capacidade de reagir, mudar o ritmo da visita e modificar as atividades planejadas conforme as necessidades e interesses das crianças, de acordo com a publicação.

bid-pim-participacao

A publicação revelou importantes resultados sobre o PIM evidenciando o esforço do Programa em aplicar sua metodologia com qualidade para gerar impacto na vida das famílias, gestantes e crianças beneficiadas. O material afirma que o PIM atua com qualidade e eficiência nas visitas, o que foi ressaltado através dos quesitos ‘Empenho do visitador em promover a participação e colaboração’, ‘Ambiente geral da visita’, ‘Cuidador participa ativamente’ e ‘uso adequado do manual do programa pelo visitador’. Outros parâmetros avaliados também destacaram o PIM na pesquisa, como ‘preparação do visitador para a visita’, ‘Visitador promove ativamente o desenvolvimento da linguagem durante a visita’ e ‘Visitador utiliza materiais/atividades apropriados para a idade’.

pim-bid-atividades-metodos

“Tendo em vista a seriedade das avaliações realizadas pelo BID e a qualidade dos programas latino americanos que compõe o estudo junto ao PIM, nos sentimos muito honrados com tais resultados e acreditamos que os dados do estudo refletem o trabalho realizado em todo estado”, ressaltou a supervisora de pesquisas e parcerias externas do PIM, Giuliana Chiappin.

Além do PIM, participaram do estudo o Home Visit Program da Jamaica, o Cuna Más do Peru, o Programa de Acompañamiento a la Política de Primera Infancia da Nicarágua, o Programa Creciendo con Nuestros Hijos do Equador, o Consejo de Salud Rural Andino – Home Visit Program da Bolívia e o Programa Atención Integral de la Niñez do Panamá.

A publicação, que tem autoria de Jane Leer, Florencia Lopez Boo, Ana Pereza Expósito e Christine Powell, está disponível apenas em inglês. O estudo completo e todos os dados da pesquisa podem ser acessado a seguir.

Download

Os dados da pesquisa também foram disponibilizados em planilha.

Fonte: BID