Como parte dos esforços para fortalecer a integração das ações do PIM e a APS, qualificando a atenção ofertada às famílias, a Secretaria Estadual da Saúde orienta os municípios sobre a inclusão dos visitadores do Primeira Infância Melhor (PIM) no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) vinculados à Atenção Básica.  A nota técnica, construída pelas equipes estaduais das referidas políticas, apresenta informações sobre como proceder. A iniciativa conta com a concordância da Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde.

No estado do Rio Grande do Sul, o Primeira Infância Melhor (PIM) compõe as ações estratégicas da  Atenção Primária à Saúde (APS) na rede materno infantil, buscando fortalecê-la e qualificá-la no que diz respeito ao cuidado com as gestantes e crianças menores de seis anos. Destaca-se que o recurso orçamentário estadual para o PIM está vinculado ao Bloco de Atenção Básica. Com a inclusão dos visitadores do CNES, consolida-se sua vinculação às Unidades de Saúde dos territórios onde atua, favorecendo a integração entre as políticas e o reconhecimento do PIM como uma estratégia de fortalecimento da APS no estado.

Nota Técnica DAPPS/SES-RS

Download